Carta a Lifan Brasil

4 de janeiro de 2013

#Carros (ATUALIZADA EM 25/4/13)


No dia de hoje, com base em opiniões dos proprietários de veículos da Lifan, avaliações especializadas, reclamações explícitas no Reclame Aqui, e conversas com "forumeiros", resolvi redigir uma carta a Lifan, que encaminhei para a apreciação da empresa, através do "Fale conosco", do site da própria montadora, aqui no Brasil. Segue a carta na íntegra:

Prezado(s);


Venho por meio desta, elogiar a nova Lifan, atuante no Brasil, por começar a estabelecer novas diretrizes da marca, melhorando assim a imagem desgastada da empresa, devido ao amadorismo da parceira anterior.

Reflito que a Lifan, deveria retirar a inscrição "Motors" de seu nome, ao se tratar desta, fazendo com que o nome, mas simples, mais curto, fixe-se na cabeça das pessoas, assim como Fiat, e vossa conterrânea Chery. A Lifan deveria agilizar imediatamente a construção de um novo site, aos moldes dos sites de outras conterrâneas, como a JAC e a Chery, que demonstre com melhor fidelidade seus veículos.

A Lifan deveria aproveitar o fato de possuir uma montadora no Uruguai, para tentar melhorar a construção de seus veículos, deixando-os mais adequados ao padrão da América Latina, não somente Brasil, uma vez que atualmente sua configuração de acelerador, embreagem, freios, suspensão e detalhes internos, como painel em tonalidades pouco usuais em todo nosso mercado, fazem com que o Lifan fique desprestigiado e conferem ao veículo, a condição de um certo desleixo em relação ao mercado consumidor.

Pequenos ajustes, com peças locais e adaptações de peças que venham no kit CKD fazem uma grande diferença.

Vi que a Lifan, na China, produz, por exemplo, o 620 com a possibilidade de painel cinza escuro, com aplique em cinza claro, ao invés do aplique imitando madeira. Vi pessoalmente um 620, com este aplique, quando estive no Peru, e de fato, esse pequeno detalhe transmite outra imagem ao carro. Apliques em tons de madeira são componentes de segmentos superiores, e não combinaram corretamente com o Lifan de painel cinza. Com o Lifan de interior creme, já parecia uma configuração luxuosa, aliás, o interior creme, com apliques imitando madeira poderia ser uma versão mais requintada do 620, onde poderiam ousar em colocar um sistema multimídia, no lugar do som, câmera de ré, dentre outros apetrechos de nicho que confeririam ao veículo, uma qualidade tida como inigualável. Substituir o plástico de botões, como o do condicionador de ar, por outros de melhor tato e qualidade, seria uma mudança que viria bem.

O Lifan 620 tem potencial para oferecer uma linha de veículos, com pelo menos 6 versões que iriam variar entre R$ 35.990 até R$ 47,990, dentre todas as suas configurações globais. Tudo isto, sem antes lançar o novo modelo, que pode agregar maior valor ao produto. Detalhe importante: Todo veículo deve possuir a versão em bancos de tecido (de boa qualidade), pois há uma grande parcela que não gosta de bancos em couro. Pode ser até o mesmo preço da versão com couros, apenas para se adequar a um tipo de público.

No 320 poderia ser aplicado algumas partes que compõem o 620, bem como ser importado a opção de painel com cores mais clássicas (cinza e preto), e a substituição do equipamento de rádio, por outro que não tenha o famigerado sorriso no painel, e que tenha melhor qualidade, dando mais credibilidade ao produto. Melhorar o toque dos plásticos é fundamental, para transmissão de melhor solidez, afinal os atuais transmitem fragilidade. Trocar o velocímetro por um de marca renomada, sairá muito mais em conta do que constantemente trocá-lo em garantia durante três anos (em média uma troca a cada seis meses), assim como a bóia do tanque de combustível.

Detalhe importante, ao montar o veículo no Uruguai, deve-se ser melhorado as emendas com o tanque de combustível, mangueiras e etc, além de fechar um pequeno orifício abaixo do banco traseiro, problemas esses que causam odor de combustível no interior do veículo, gerando sensação de insegurança ao veículo.

O ideal é que seja lançado com a máxima urgência, o novo 320, com melhoras nos problemas anteriormente relatados, visando desconstruir a má imagem que o veículo tem no mercado.

Terceiro e importante detalhe: O Lifan SUV X60 já deveria ter sido lançado no país. O veículo já chegará obsoleto ao mercado devido a demora em agilizar a chegada do mesmo ao país.

Mais um importante detalhe: A Lifan tem que fazer marketing agressivo de seus produtos, contando com agências publicitarias especializadas para conseguir ampliar suas vendas de forma agressiva. Propagandas na TV Globo, principalmente, em horários de boa audiência. Não usar Garotos Propaganda do tipo Popular, como Rodrigo Faro, Celso Porttioli e Raul Gil, mas sim, atores novos, que estão em novelas, em situações familiares (caso do 620), situações com amigos (320), e situações mistas (caso do SUV). Um comercial animado, divertido, e que não saia da cabeça, engrandecendo o carro, ao mesmo tempo em que apresenta um perfil acessível ao produto (sem vulgarizar, mostrando preços extremamente baixos na tela, afinal, esmola demais, o santo desconfia, vide Chery Face, quando custava R$ 35.990, vendia mais do que atualmente custando R$ 29.990). Tenha bons preços, mas com coerência. Não use o preço como atributo, mas o sim o veículo como diferencial, tentando ser um misto de Hyundai com VW e Fiat, com um toque de Nissan e Renault. Se a agência de publicidade a ser contratada por vocês, conseguir captar bem a idéia, o sucesso poderá ser estrondoso. Por isso convém contratar uma agência forte, grande e com expertise. O alto investimento inicial dará um bom retorno.

Abram concessionárias, nos moldes de grandes marcas, bem estruturadas, com equipe bem treinada. A Fratello de SC, e a Junior Fossá (que nem abriu) são excelências em atendimento. Busquem associar-se a grandes grupos, fazendo investimentos conjuntos, visando com que o comerciante acredite no produto.

Tenham um amplo e vasto estoque de peças, de boa qualidade, em todas as CSS, visando montar um novo carro, se for necessário. Tenham um controle informatizado das peças que saem das CSS, para imediata reposição de estoques.

Nada mais horrível do que ir conhecer um carro, como fiz na Quality Motors do Rio de Janeiro/RJ (Cascadura), que já fechou, e ver eles terem de desmontar um carro novo para poder atender a garantia de outro, devido a falta de peças e suporte da fabricante. Isso foi chocante, oneroso ao parceiro comercial (afinal, ele perdeu dois veículos nessa desmontagem, um 320, e outro 620), e trazia uma imagem terrível a marca, causando espanto a todos que vissem este feito.

Essas foram as críticas, e dicas que espero ao menos que 50% sejam apreciadas e colocadas em pauta pela marca, visando melhorar assim a marca.

Esclareço que este texto estará disponível publicamente, no canal Segundo Caderno, do site MAXX (www.maxxinternet.com.br), onde em 2011 fiz um review do veículo LF 620.

Grato por vossa atenção.
_____________________________________________________

Espero que este texto tenha conseguido ao máximo, explicitar as reclamações e esperanças daqueles que acreditam no potencial da marca, e que venha a trazer uma nova realidade a todos que acreditam e/ou acreditaram (proprietários de veículos da marca) na Lifan.


_____________________________________________________

Atualização:  Até o presente momento (25/4/13), a Lifan Brasil não se pronunciou a respeito. 


Matéria: Dimithri Vargas
Edição: Corretor Vírtual e Dimithri Vargas

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre a notícia e/ou o assunto.

OBS: O MAXX se reserva ao direito de excluir comentários que ferem princípios éticos, morais e civis, bem como aqueles que estejam em desacordo com os termos de uso do portal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni