Governo do Rio Grande do Sul libera R$ 26 milhões para municípios afetados pela seca

14 de janeiro de 2012

#Clima
 

Perdas na agricultura e pecuária são estimados em milhões de reais.
Foto: Veja (Abril.com.br)
O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, anunciou hoje (14) a destinação de R$ 26,4 milhões para combater os prejuízos causados pela estiagem no estado. Esses recursos irão se somar aos R$ 28 milhões provenientes do governo federal o que totalizará uma ajuda de R$ 54,4 milhões aos 300 municípios gaúchos afetados pela seca.

Acompanhado pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, e do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, o governador visitou hoje o município de Joia, um dos mais prejudicados pela estiagem no estado.


Rio de Janeiro contabiliza 30 cidades prejudicadas pelas chuvas e quase 17 mil pessoas fora de casa

#Clima
 

Foto: Brasil247.com.br
A Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro informou, em balanço divulgado hoje (14), que o número de pessoas desalojadas e desabrigadas no estado, em função das chuvas dos últimos dias, somam 13.342 e 3.620, respectivamente, em 30 cidades fluminenses.

A maioria dos municípios afetados por enchentes de rios e por deslizamentos de terras desde o início do ano é das regiões norte e noroeste do estado, que concentram 12.029 dos desabrigados e 2.891 dos desalojados. Cardoso Moreira é o município com o maior número de pessoas prejudicadas.

Cruzeiro que naufragou na Itália tinha 53 brasileiros a bordo, diz Itamaraty

#Internacional
 

O navio de cruzeiro que naufragou na noite de ontem (13) na costa da Itália levava 53 brasileiros a bordo – 47 passageiros e seis tripulantes. A informação, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, foi disponibilizada pela empresa Costa Cruzeiros, responsável pela embarcação.

Ainda segundo o Itamaraty, a empresa informou que todos os brasileiros que estavam na embarcação foram localizados e já estão recebendo atendimento. A Costa Cruzeiros divulgou dois números para atendimento e busca de informações no Brasil: 55 11 2123-3673 e 55 11 2123-3679.

O navio Costa Concordia levava mais de 4 mil pessoas quando bateu em um banco de areia próximo à ilha de Giglio. Inicialmente, as autoridades locais divulgaram que pelo menos seis pessoas haviam morrido, mas, até a manhã de hoje (14), somente três corpos haviam sido resgatados.
 
 
Fonte: Agência Brasil

ES receberá R$ 60 milhões para ajudar municípios afetados por enchentes

#Clima
 

Reflexos das chuvas torrenciais em Afonso Claúdio/ES
Foto: R7.com

A chuva intensa ainda causa estragos em todo o país. No Espírito Santo, o governador Renato Casagrande pediu R$ 60 milhões ao governo federal para ajudar os 34 municípios que mais sofrem as consequências dos alagamentos, enchentes e deslizamentos de terra. O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, informou em nota que “em breve o estado receberá o repasse dos recursos” para recuperação das áreas afetadas.

Desse total, R$ 20 milhões serão destinados a regiões que decretaram situação de emergência. O governador capixaba disse, porém, que para resolver todos os transtornos causado pela chuva serão necessários R$ 477 milhões, destinados a obras de desassoreamento, macrodrenagem, limpeza de rios, reconstrução de pontes, proteção de morros e reforço de encostas.

Das 50 cidades mais violentas do mundo, 14 são brasileiras, diz estudo de ONG mexicana

#Violência
 

Retrato da violência no Brasil: destruição e caos.
Pelo menos 14 cidades brasileiras estão entre as mais violentas do mundo. A conclusão é do estudo feito pela organização não governamental (ONG) mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal divulgado hoje (13). Especialistas da entidade listaram as 50 cidades mais violentas em todo mundo. O topo da lista é ocupado pela cidade de San Pedro Sula, em Honduras, com uma taxa de 158.87 homicídios para um grupo de 100 mil habitantes. Em segundo lugar, está Juárez, no México, com uma taxa de 147.77.

No Brasil, Maceió, capital alagoana, aparece como a mais violenta ocupando o terceiro lugar no ranking – com uma taxa de 135.26 homicídios para cada 100 mil habitantes.


Total de municípios mineiros em situação de emergência sobe para 166

#Clima
 

Devastação e medo. Foto: Brasil247.com.br
A Defesa Civil de Minas Gerais informou hoje (14) que o número de municípios em situação de emergência no estado, em razão das chuvas, já chega a 166. Ao todo, 228 cidades foram afetadas – a maioria, por enxurradas e deslizamentos de terra.

De acordo com o último boletim, 15 óbitos foram confirmados até o momento. A morte de um homem de 28 anos no município de Ponte Nova está sendo investigada. Há ainda três pessoas desaparecidas.

Em todo o estado, quase 53 mil pessoas estão desalojadas e 4.639 estão desabrigados. Ainda segundo a Defesa Civil, mais de 16.500 casas foram danificadas pelas chuvas e 639 ficaram completamente destruídas.

A previsão para hoje, em Minas Gerais, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é de tempo nublado com pancadas de chuva e trovoadas no sul do Triângulo Mineiro. Nas demais áreas, o céu permanecerá parcialmente nublado. Há possibilidade de chuva isolada no centro e no noroeste do estado e também na região da Zona da Mata.





Fonte: Agência Brasil

Cruzeiro com mais de 4 mil a bordo naufraga na Itália

#Clima

Resgate iniciado algumas horas após o acidente.
Foto: Filippo Monteforte - AFP
Um navio de cruzeiro que levava mais de 4 mil pessoas naufragou na noite de ontem (13) na costa da Itália. Inicialmente, as autoridades locais divulgaram que pelo menos seis pessoas haviam morrido, mas, até a manhã de hoje (14), somente três corpos haviam sido resgatados.

O navio Costa Concordia bateu num banco de areia próximo à ilha de Giglio e já havia inclinado cerca de 20 graus quando as pessoas começaram a deixar a embarcação em botes salva-vidas ou nadando.

Equipes de resgate estão fazendo buscas de cabine em cabine na tentativa de encontrar possíveis sobreviventes. O navio levava cerca de 3.200 passageiros, principalmente, italianos, alemães, franceses e britânicos, além de cerca de mil funcionários.

Helicópteros foram usados para retirar pelo menos 50 pessoas que se refugiaram no deck do navio e se encontravam em situação delicada.

O Costa Concordia havia deixado o porto de Civitavecchia, perto de Roma, ontem para um cruzeiro pelo Mediterrâneo, que deveria terminar em Marselha, na França, após passar por portos da Sicília, da Sardenha e da Espanha.

Um comissário do navio, Deodato Ordona, disse que, após o acidente, os passageiros receberam a ordem de deixar a embarcação. Segundo ele, houve dificuldades para lançar os botes salva-vidas ao mar e muitos passageiros pularam e nadaram os cerca de 400 metros de distância até a terra firme.

Os passageiros resgatados estão sendo acomodados em hotéis, escolas e em uma igreja em Giglio, que fica a 25 quilômetros da costa italiana.


A Costa Crocera, empresa proprietária do navio, informou que ainda é cedo para dizer o que causou o acidente. "A inclinação gradual do navio tornou a retirada dos passageiros extremamente difícil", disse um comunicado divulgado pela companhia. "A posição do navio, que está piorando, tornou mais difícil a última parte da retirada."




Fonte: BBC Brasil

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni